Quinta Pedras de Baixo

Longos, Braga (Porto, Norte e Alto Douro, Portugal)

Sem avaliações
Aluguer por quartos
Pessoas 2 - 13
Situada no sopé da serra da Falperra, a Quinta das Pedras de Baixo retrata a típica quinta rural de lavradores do Baixo Minho, com o seu conjunto edificado característico e inserido entre os campos de cultivo. Fica localizada na freguesia de Longos, no concelho de Guimarães, distrito de Braga, e dista destas duas cidades 12 e 8 km, respetivamente. Sendo a casa do caseiro, a quinta era pobre e representava o exemplar de arquitetura popular rural, identificando claramente a região onde se insere.

Constituía um organismo unifamiliar e auto-suficiente, composto pela moradia e as construções anexas de apoio, erguidas consoante as necessidades.
Ler mais
O acesso à quinta é feito a partir da estrada municipal Taipas/Braga (via Falperra), ou pelo caminho original e ancestral que passa pelo alçado poente da quinta.

A “Quinta das Pedras de Baixo – Agroturismo”, é a concretização de um velho sonho do seu proprietário, o arquiteto Fernando Cardoso, traduzido num regresso às origens. Esta quinta vernacular, herança de família, forma juntamente com a Quinta das Pedras de Cima, casa agrícola abastada mesmo ao lado, um conjunto arquitetónico de relevo. As duas quintas pertencem à mesma família há várias gerações. Os herdeiros, dois irmãos, tomaram em mãos a tarefa de preservar e não deixar que este património se degrade ou desapareça.

O projecto arquitetónico assentou essencialmente em dois vectores: a recuperação integral da construção existente (sempre que possível, com recurso a técnicas e processos antigos) e a construção de um volume novo autónomo, contíguo à casa principal e que comporta exclusivamente alojamentos para turismo no espaço rural. No edifício original, fora da habitação, as cortes dos animais deram origem a três unidades de alojamentos, à receção e a uma instalação sanitária. Na moradia, cabeça de toda a composição e que se estende num único piso sobrado por cima das lojas, fica a habitação do promotor. Por baixo, as adegas e ao lado, a eira. Uma das adegas mantém-se como tal; a outra deu origem à sala de pequenos-almoços. Não se alteraram os vãos de fachada, mantendo-se a madeira nas caixilharias e dotou-se o interior de todas as comodidades necessárias ao novo desafio. No volume novo, assumidamente contemporâneo, três quartos, uma sala e uma cozinha darão conforto, autonomia e independência aos hóspedes ou grupos que ali se alojem. Todos os quartos estão dotados de instalação sanitária privativa.
No exterior, a calçada portuguesa de pedra amarela irregular e os blocos de granito bujardado (principalmente no contacto com o edifício) substituíram a terra vegetal existente.

Procurou-se que a intervenção na Quinta das Pedras de Baixo se notasse o menos possível, que transmitisse a ideia de continuidade no tempo. Apenas o volume novo assume claramente a ruptura com o passado e revela uma imagem contemporânea mas sóbria, tanto na sua linguagem formal como no material de acabamento (betão à vista). 
No interior da quinta, há lugares de estacionamento em quantidade suficiente para as unidades de ocupação, sendo parte deste estacionamento coberto através de uma pala, espaço que poderá eventualmente servir de apoio a actividades lúdicas ou agrícolas pontuais, conforme sejam as solicitações internas da Quinta.

O notável conjunto edificado num local aprazível, a localização da Quinta relativamente a ligações viárias, bem como a possibilidade de excelentes percursos pedestres aliados à formação superior do promotor e à sua já longa participação em grupos de música popular e folclórica, de cantares e de pesquisa de música tradicional portuguesa prometem proporcionar um serviço culturalmente diversificado e de alta qualidade.

Este conjunto de condições representa um garante para o sucesso de um equipamento que se pretende acolhedor e relaxante, onde cada visitante se sinta bem recebido e deseje voltar.

                         “ Visite a Quinta das Pedras de Baixo
                         E sinta a alta qualidade deste agroturismo.
(ocultar)

Fernando João Antunes Cardoso, arquitecto (Proprietário)

Fala Alemão, Francês, Inglês, Português, Espanhol

Contato com o proprietário

Acerca do proprietário e do alojamento Ler mais

Em Fernando João Antunes Cardoso, arquitecto

Fernando João Antunes Cardoso, arquitecto comprou este alojamento em 2013.

Chamo-me Fernando Cardoso e sou o feliz proprietário da Quinta Pedras de Baixo - Agroturismo. Actualmente dedico-me a receber os meus hóspedes e a promover a Quinta. Antes, fui arquitecto e professor de Artes e Educação Visual numa escola oficial de Braga (EB 2/3 Dr. Francisco Sanches) e num colégio particular também em Braga (Colégio Dom Diogo de Sousa).
Este empreendimento é um "regresso às origens", uma vez que nasci na "quinta mãe", ao lado, a Quinta das Pedras. A Quinta Pedras de Baixo não é mais que uma quinta propriedade da família (meus antepassados) entregue a caseiros que tratavam das terras e fabricavam o vinho, o vinho verde. O Sr. José Azevedo, agora com 88 anos, nasceu aqui na Quinta Pedras de Baixo. Ele e a D. Laurinda, sua dedicada esposa, tiveram e criaram aqui 11 filhos. Todos emigraram e eles acabaram por ficar sós. Deixaram de fabricar a Quinta e passaram a viver ao lado numa bela morada que a filha Conceição construiu para ela (e para eles!...).
Sou tocador de cavaquinho (tetracórdio da família das violas, pequeno e versátil, com origem na região do Minho e que daria origem ao Ukulele) e de concertina. Pertenço a dois grupos de música popular/folclórica: à Associação Cultural e Festiva "Os Sinos da Sé", que assumiu a história do Grupo Folclórico de Professores de Braga, fundado em 1987/88, e onde fui dançador e onde agora toco concertina; pertenço também ao Grupo de Rusga "Caminhos da Romaria", formado por professores e com 3 trabalhos discográficos editados.
Fundei e sou o presidente da direção da Bicavalaria do Minho - clube 2cv e derivados, associação com mais de 300 sócios. Trata-se de um organismo muito activo na região e é formado por apaixonados pelos "dois cavalos" da Citroën e seus derivados (Dyane, Mehari e Ami).

Razões para vir

1 - Localização privilegiada (a 12 km de Guimarães, sede do concelho e Património Mundial, a 7 de Braga, capital do barroco e da região do Minho, a 5 das Caldas das Taipas, vila pitoresca com termas e capital das cutelarias, e tendo num raio de 5 km as Citânias de Briteiros e do Sabroso, a Falperra, o Sameiro e o Bom Jesus). Fica a 20 minutos do Parque Nacional do Gerês e a 45 minutos do Porto e do aeroporto Sá Carneiro.
2 - Qualidade e conforto do alojamento (seis quartos, todos com wc privativo, tv cabo - Meo e climatização). Três deles estão inseridos numa villa, edifício contemporâneo em "betão à vista" com sala e cozinha totalmente equipada. Os quartos têm wc privativo com luz direta e terraço. Acesso wi-fi na quinta toda.
3 - Envolvente "de luxo", verde e profundamente rural, sossegada (não há ruídos, tirando os sinos da igreja...) e com água corrente e pura de nascentes na área.

O melhor

1 - Localização de excelência
2 - Sossego e ruralidade
3 - Arquitetura e design (restauro com respeito pelo passado, arrojo e design no contemporâneo)

(ocultar)

Características

  • Exterior: Jardim,  Churrasco,  Horta,  Terraço,  Móveis de jardim. 
  • Interior: Colecção de jogos,  Ar condicionado,  Aparelhagem de música,  Microondas,  Aquecimento,  Máquina de lavar loiça,  Sala de jantar,  Quartos com televisão,  Quartos com casa de banho,  Cozinha,  Lareira,  Televisão,  Sala de estar,  Zona de estacionamento. 
  • Serviços: Acesso internet,  Admite animais,  Servem-se pequenos-almoços,  Berço disponível,  Servem-se almoços,  Servem-se jantares,  Venda de produtos locais,  Quarto adaptado para deficientes,  Actividades na quinta,  WiFi grátis. 
  • Situação: Montanha,  Acesso asfaltado,  Fora da zona urbana. 
Combinando arquitectura local e moderna, a Quinta Pedras de Baixo está localizada em Longos, a 12 km do centro da cidade de Guimarães. Esta propriedade, que aceita animais de estimação, oferece acesso Wi-Fi gratuito e ar condicionado.
As acomodações na Quinta Pedras de Baixo é composta por quartos duplos e uma villa com 3 quartos, em prédios diferentes. Os hóspedes do quarto duplo desfrutam de uma casa de banho privada e de uma televisão de ecrã plano por cabo, para além de uma sala de estar e cozinha comuns.

A villa com 3 quartos tem uma cozinha totalmente equipada, uma área de estar com uma salamandra, sofás e uma televisão por cabo. As comodidades de churrasco estão disponíveis.
A aldeia termal de Caldas das Taipas está a 5 km da Quinta. A cidade de Braga está a 8 km e oferece uma grande variedade de oportunidades de refeições, compras e passeios.
O Aeroporto Internacional de Porto encontra-se a 60 km da Quinta Pedras de Baixo, através da Auto-estrada A3, localizada a 15 minutos de carro.

(ocultar) Ler mais

Actividades

  • Terra: Bicicleta de montanha - BTT,  Percursos Pedestres - Trekking,  Tiro ao alvo. 
A Quinta Pedras de Baixo - Agroturismo é um espaço profundamente rural, onde o silêncio e a quietude imperam. Pontualmente, tem procurado interpretar e representar cenas de um passado não muito antigo vividas pelo proprietário na Quinta Pedras de Cima, ao lado. Atividades como as vindimas, as desfolhadas, as janeiras (ou cantar os Reis, as Reisadas), as ceifadas, arrancar as batatas, malhadas, etc, têm sido vividas nos dois anos de vida do Turismo na Quinta Pedras de Baixo.

(ocultar) Ler mais

Ainda não há opinião de viajantes para este alojamento. Seja o primeiro em opinar!

Deixe a sua opinião

  S D S D S D
3: Quarto da Viga 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 2 3 4 5 6 7 8
2: Quarto do Bico 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 2 3 4 5 6 7 8
2: Quarto Ouro 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 2 3 4 5 6 7 8
2: Quarto Pequeno 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 2 3 4 5 6 7 8
2: Quarto Prata 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 2 3 4 5 6 7 8
2: Quarto Rosa 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 2 3 4 5 6 7 8

Calendário atualizado no dia 2017-01-18  Livre  Fim-de-semana  Ocupado


Quartos Quinta Pedras de Baixo

pessoas 2

Quarto Ouro

: 1 quarto duplo, WC, casa de banho

Mínimo noites Noite Noite fim-de-semana Fim-de-semana Semana Quinzena Pessoa adic./noite Regime
2 65,00 € 65,00 € 120,00 € 350,00 € 600,00 € 15,00 € Inclui pequeno-almoço

pessoas 2

Quarto Pequeno

: 1 quarto de casal, WC, casa de banho

Mínimo noites Noite Noite fim-de-semana Fim-de-semana Semana Quinzena Pessoa adic./noite Regime
2 65,00 € 65,00 € 120,00 € 350,00 € 600,00 € 15,00 € Inclui pequeno-almoço

pessoas 2

Quarto Prata

: 1 quarto de casal, WC, casa de banho

Mínimo noites Noite Noite fim-de-semana Fim-de-semana Semana Quinzena Pessoa adic./noite Regime
2 65,00 € 65,00 € 120,00 € 350,00 € 600,00 € 15,00 € Inclui pequeno-almoço

pessoas 2

Quarto do Bico

: 1 quarto de casal, WC, casa de banho

Mínimo noites Noite Noite fim-de-semana Fim-de-semana Semana Quinzena Pessoa adic./noite Regime
2 65,00 € 65,00 € 120,00 € 350,00 € 600,00 € 15,00 € Inclui pequeno-almoço

pessoas 3

Quarto da Viga

: 1 quarto triplo, WC, casa de banho

Mínimo noites Noite Noite fim-de-semana Fim-de-semana Semana Quinzena Pessoa adic./noite Regime
2 65,00 € 65,00 € 120,00 € 350,00 € 600,00 € 15,00 € Inclui pequeno-almoço

pessoas 2

Quarto Rosa

: 1 quarto de casal, WC, casa de banho

Mínimo noites Noite Noite fim-de-semana Fim-de-semana Semana Quinzena Pessoa adic./noite Regime
2 65,00 € 65,00 € 120,00 € 350,00 € 600,00 € 15,00 € Inclui pequeno-almoço
Os preços incluem o IVA

Mais informação

Quantia da reserva:
55.0  €
Restante pagamento:
Não se aplica 
Formas de pagamento:
Cartões de crédito ,   Dinheiro  

Rua Santa Marta 3262 - 4805-209 LongosGuimarães (BragaPorto, Norte e Alto Douro)

Indicações do propietário

Desde de Guimarães:
Tome o sentido para TAIPAS na N 101
Tome o sentido para Longos pela via Falperra, a M585, (a quinta fica a cerca de 5 km)
Na Igreja de Longos, estamos a menos de 500 metros
No final da recta, estamos ao lado direito…

Desde de Braga:
Tome a direcção estrada da Falperra 
Chegando à Falperra (hotel Golden Tulip) seguir para o Sameiroe cerca de 1 km depois vire à direita no sentido TAIPAS
Descendo a encosta passa a placa a indicar BALAZAR (à direita, mas não vira). Segue em frente e 500 m depois, a seguir a uma imagem religiosa à sua esquerdae a mais uma curva, CHEGOU!

Lugares de interesse

  • a 12 km: Guimarães 
    Guimarães é uma cidade histórica, com um papel crucial na formação de Portugal, e que conta com mais de mil anos. É uma das mais importantes cidades históricas do país, sendo o seu casco velho sido considerado Património Cultural da Humanidade, tornando-a definitivamente um dos maiores centros turísticos da região. As suas ruas e monumentos respiram história e encantam quem a visita. Guimarães foi nomeada para Capital Europeia da Cultura em 2012, factor que a levaram a ser eleita pelo New York Times como um dos 41 locais a visitar em 2011 e a considerá-la um dos emergentes pontos culturais da Península Ibérica. Foi ainda Cidade Europeia do Desporto (CED) em 2013, sendo distinguida como sendo a melhor CED desse ano. Guimarães é muitas vezes designada como "Cidade Berço" devido ao facto de D. Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal ter aí nascido. Mas também pela importância histórica que a Batalha de São Mamede, travada na periferia da cidade em 24 de Junho de 1128, teve para a formação da nacionalidade.
  • a 8 km: Braga 
    Braga é uma cidade fundada pelos romanos como Bracara Augusta, com mais de 2 000 anos de História. Situada no Norte de Portugal, Braga é sede de um município com 183,4 Km² de área, uma população de 181 494 habitantes (2011) e 137 000 habitantes no seu perímetro urbano (2012), sendo a 3ª maior cidade de Portugal a seguir a Lisboa e ao Porto. É o centro da antiga região denominada Minho, com mais de um milhão de habitantes, e um local cheio de cultura e tradições, mas onde as tecnologias e o ensino universitário são importantes. Em 2012 foi distinguida como Capital Europeia da Juventude, concedido pelo Forum Europeu da Juventude, tendo desenvolvido várias iniciativas de âmbito cultural, social, político e económico, destinadas sobretudo aos jovens.
  • a 3 km: Igreja de Santa Maria Madalena 
    A Igreja de Santa Maria Madalena, também conhecida como Igreja da Falperra, é uma belíssima peça da arquitetura religiosa barroca que foi construída no século XVIII por iniciativa do arcebispo D. Rodrigo de Moura Telles e com desenho do arquitecto André Soares. O interior está revestido de azulejos do século XVIII do ceramista Policarpo de Oliveira Fernandes.
  • a 5 km: Santuário do Sameiro 
    O Santuário do Sameiro é um santuário mariano localizado em Braga e cuja construção se iniciou em Julho de 1863. Este santuário é um dos centros de maior devoção mariana em Portugal, logo depois do Santuário de Fátima. Neste Templo, concluído no século XX, destaca-se no seu interior o altar-mor em granito branco polido, bem como o sacrário de prata. Em frente do Templo ergue-se um imponente e vasto escadório, no topo do qual se levantam dois altos pilares, encimados com a imagem da Virgem Maria e do Sagrado Coração de Jesus.
  • a 7 km: Bom Jesus 
    O Santuário do Bom Jesus do Monte localiza-se na freguesia de Tenões, concelho e distrito de Braga, em Portugal. Constitui-se num conjunto arquitetónico/paisagístico integrado por uma igreja, um escadório onde se desenvolve a Via Sacra do Bom Jesus, uma área de mata (Parque do Bom Jesus), alguns hotéis e um funicular (Elevador do Bom Jesus). A sua peculiar disposição serviu de inspiração para outras construções, como por exemplo o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios em Lamego, e o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos na cidade de Congonhas, em Minas Gerais, no Brasil. Em 20 de julho de 2015, foi apresentada a candidatura do Bom Jesus a Património Mundial da Humanidade na Comissão Nacional da Unesco.
  • a 5 km: Citânia de Briteiros 
    Trata-se de um sítio arqueológico da Idade do Ferro que permaneceu ocupada à época da invasão romana da península Ibérica. A influência da romanização neste povoado, no século I a.C., é evidenciada em numerosos vestígios. Deve ter sido definitivamente abandonado no século III. Como testemunho do primitivismo das origens da citânia de Briteiros existem os achados de instrumento de pedra eneolíticos ou de bronze inicial. Por outro lado, as "mamoas" nas vizinhanças da citânia e as gravuras rupestres nas encostas dos montes próximos mostram a existência de uma cultura autóctone anterior à romana. Interpretações recentes permitem atribuir à Citânia de Briteiros o papel de capital política dos "Callaeci Bracari" no início do século I, onde se reuniria o respectivo "consilium gentis" na grande casa circular de bancos adossados às paredes. As suas ruínas foram descobertas pelo arqueólogo Martins Sarmento em 1875. Encontra-se classificada como Monumento Nacional desde 1910.

30€ pessoa por noite (aprox.)


Contacte sem compromisso


Fernando João Antunes Cardoso, arquitecto

  • Na Toprural desde 2015-02-11
  • Com licença de utilização para Turismo
  • (Nº de licença AT 3995)

* Campos obrigatórios

Contato com o proprietário