Soajonature

Soajo, (Arcos de Valdevez), Viana do Castelo (Porto, Norte e Alto Douro, Portugal)

Soajonature

Soajonature

Soajo, (Arcos de Valdevez), Viana do Castelo (Porto, Norte e Alto Douro, Portugal)

10.0 Excelente 

pessoa por noite (aprox.)
Pessoas
Tipo
Casas
37.5 €
2 - 6
Aluguer completo
2
10 Avaliação média
Aluguer completo
Pessoas 2 - 6
A Natureza abraça, a arquitectura acolhe.

As casas SoajoNature são o sonho que junto com os nossos hospedes tornamos realidade.

O local ideal para viver um verdadeiro conto de fadas, onde o requinte e o conforto estão em sintonia com a natureza. São  o destino do PNPG,  aqui encontra monumentos  com  história  para  contar, lagoas naturais e termais, paisagens com uma fauna e flora únicas no Pais.  Encontramos o regresso as tradições e aos valores de origem, onde a gastronomia é património, cultura e tradição.
Ler mais
Registo Nacional de Turismo n.º 6924
(ocultar)

Helena Marinho (Proprietário)

Fala Português

Contato com o proprietário

Acerca do proprietário e do alojamento Ler mais

Em Helena Marinho

Helena Marinho comprou este alojamento em 2015.

Razões para vir

"Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um chama-se ontem e o outro  chama-se amanhã."
Não espere o dia  especial, crie um dia perfeito!
Surpreenda quem mais ama, elabore o seu momento romântico.

O melhor

Surpreenda que mais ama nas casas SoajoNature, casas fantásticas para um verdadeiro conto de fadas, onde com certeza vai viver momento únicos que já mais esquecerá!

(ocultar)

Características

  • Exterior: Jardim,  Churrasco,  Terraço,  Piscina,  Móveis de jardim. 
  • Interior: Máquina de lavar roupa,  Cozinha,  Zona de estacionamento,  Sauna. 
  • Serviços: Bicicletas à disposição,  Berço disponível,  Documentação sobre a zona,  Venda de produtos locais,  Quarto adaptado para deficientes,  Spa. 
  • Situação: Montanha,  Na zona urbana,  Acesso asfaltado,  Zona interior de banhos (rios, represas, etc.). 
www.soajonature.com

(ocultar) Ler mais

Actividades

  • Terra: Apanha de cogumelos,  Bicicleta de montanha - BTT,  Escalada,  Golfe,  Paintball,  Percursos a cavalo,  Percursos gastronómicos,  Percursos Pedestres - Trekking. 
  • Água: Canoagem,  Pesca. 
  • Workshops: Observação fauna e flora. 
www.soajonature.com

https://www.youtube.com/watch?v=JVH6OtVIIgE

(ocultar) Ler mais

10.0 / 10 Excelente

Avaliação média das opiniões publicadas nos últimos 24 meses


Avaliação por categorias

Limpieza
10.0 Muito bom
Acolhimento do proprietário
10.0 Muito bom
Arredores
9.0 Muito bom
Equipamento
10.0 Muito bom
Relação qualidade/preço
10.0 Muito bom
Qualidade do sono
10.0 Muito bom







10 / 10
 
 

Em casal Data da estadia: 2015-10-30 Data do comentário: 2016-03-22

Resposta do proprietário
Obrigada :)

Excelente

10 / 10
Fomos recebidos pela D.Helena, que desde o primeiro contacto sempre mostrou a sua enorme simpatia e disponibilidade para proporcionar o melhor durante a nossa estadia.

Ao entrar na casa fiquei encantada, todas as nossas expectativas foram superadas. Foi tudo preparado com muito amor e todos os pormenores pensados ao  mínimo detalhe. 

Excelente porto de abrigo em plena serra do Soajo...
Ler mais
Um local perfeito para descansar e aproveitar o que à de melhor na vida...

Obrigada por tudo! :)
(ocultar)

Em casal Data da estadia: 2015-02-20 Data do comentário: 2015-02-23

Resposta do proprietário
Obrigada :)  Sem a vossa presença nada seria possivel!
Beijinhos até uma próxima oportunidade.

Simplesmente fantástico!

10 / 10
Aqui passei as mini férias mais fantásticas da minha vida, cheguei já de noite e ao entrar na casa fiquei super fascinado, superou todas as nossas expectativas, tudo pensado ao pormenor, nota-se que a casa foi preparada com muito gosto e amor,ao acordar deparei com outra grande surpresa as paisagem são algo inimaginável, o pastoreio tradicional nos socalcos, o som da fauna das montanhas a fantástica piscina.
Ler mais
..
Já estamos com saudades e só passou um dia!
O nosso muito obrigado a DªHelena por nos receber de braços abertos. 
Vou já marcar as minhas ferias para o verão!
Aqui fomos FELIZES! :)
(ocultar)

Em casal Data da estadia: 2014-03-26 Data do comentário: 2014-04-04

Resposta do proprietário
Obrigada :)

Ver opiniões em: espanhol (1).


  S D S D S D
4: Casa Favo de Mel 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1
2: Casa Love Story 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1

Calendário atualizado no dia 2017-12-03  Livre  Fim-de-semana  Ocupado


Casas Soajonature

Casa Favo de Mel

pessoas 4

Casa Favo de Mel

1 quarto duplo, 1 quarto de casal, 1 casa de banho

Temporada Data de início Data fim Mínimo noites Noite Pessoa adic./noite Regime
Época media 01/jun/18 30/jun/18 2 130,00 € 15,00 € Só alojamento
Época media1 01/jul/18 31/jul/18 7 130,00 € 15,00 € Só alojamento
Época Alta 01/ago/18 31/ago/18 7 150,00 € 15,00 € Só alojamento
Época media2 01/set/18 30/set/18 7 130,00 € 15,00 € Só alojamento
Resto do ano 2 90,00 € 15,00 € Só alojamento
Casa Love Story

pessoas 2

Casa Love Story

1 quarto de casal, 1 casa de banho

Temporada Data de início Data fim Mínimo noites Noite Pessoa adic./noite Regime
Época media 01/jun/18 30/jun/18 2 75,00 € 15,00 € Só alojamento
Época media1 01/jul/18 31/jul/18 7 80,00 € 15,00 € Só alojamento
Época Alta 01/ago/18 31/ago/18 7 90,00 € 15,00 € Só alojamento
Época media2 01/set/18 30/set/18 7 80,00 € 15,00 € Só alojamento
Resto do ano 2 65,00 € 15,00 € Só alojamento
Os preços incluem o IVA

Mais informação

Formas de pagamento:
Transferência bancária ,   Dinheiro  
Os preços no resto do ano em Casa Favo de Mel são para 2 pessoas, o valor para 4 pessoas é de 120 euros.
Iva incluido á taxa em vigor.
Possibilidade de cama extra 15€/noite para crianças.

Reservamos o direito de estabelecer estadias mínimas; Épocas festivas, Passagem de ano, Natal, Carnaval, S. Valentim, Pascoa e feriados; preços de referencia época alta.
10.0 / 10 Excelente

Avaliação média das opiniões publicadas nos últimos 24 meses

Mapa Mapa | Cálculo da rota Cálculo da rota

Lugares de interesse

  • a 7 km: Soajo 
    Soajo (a 7 km) A vila de Soajo, característica nas suas formas particulares de vivência e organização social e económica, integrando uma área geográfica que foi concelho até à reforma liberal do século XIX. Características da área geográfica da serrania da Peneda, Gerês e Amarela, o sistema de habitat de "brandas" e "inverneiras" é um marco referencial da maior singularidade e interesse etnológico e patrimonial. A branda é um espaço de uso mais sazonal, com uma ocupação secundária, conectada sobretudo com os usos agrícolas e pastoris de Verão, por oposição à inverneira tradicionalmente de cariz mais permanente. Ocupam geralmente cotas de terreno a cima dos 600 metros, substancialmente mais altas que as inverneiras a que se associam. A aldeia do Soajo é também famosa pelo vasto conjunto de espigueiros erigidos sobre uma enorme laje granítica, usada pelo povo como eira comunitária. O mais antigo data de 1782. Estes monumentos de granito foram construídos na altura em que se incrementou o cultivo do milho e serviam para proteger o cereal das intempéries e dos animais roedores. As suas paredes são fendidas para que o ar circule através das espigas empilhadas. No topo são geralmente rematados por uma cruz, que significa a invocação divina para a protecção dos cereais. Parte destes espigueiros são ainda hoje utilizados pelas gentes da terra.
  • a 4 km: Lindoso 
    Lindoso (a 4 km) O topônimo Lindoso deriva do latim "Limitosum" (limitador, fronteira, extrema). Embora não existam informações sobre a primitiva ocupação humana de seu sítio, esse topónimo não se encontra mencionado nas Inquirições de 1220, o que vem a ocorrer nas de 1258. Compreende-se, por essa razão, que tenha sido erguido de raiz no reinado de D. Afonso III. O castelo teria sido reforçado e ampliado no reinado de Dinis I de Portugal, a partir de 1278. O Castelo de Lindoso localiza-se no lugar do Castelo, na freguesia e lugar de Lindoso, concelho de Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo, em Portugal. Sobranceiro a terras de Espanha, em posição dominante na serra Amarela, sobre a margem esquerda do rio Lima, este castelo foi erguido de raiz, na Idade Média, com a função de vigia, defesa e marco de soberania da fronteira. Embora não tenha estado envolvido em grandes batalhas ou episódios de história militar, é considerado como um dos mais importantes monumentos militares portugueses, pelas novidades técnicas e arquitetônicas que ensaiou, à época, no país.
  • a 20 km: Senhora da peneda 
    Senhora da Peneda (a 20km) O Santuário de Nossa Senhora da Peneda é um santuário localizado na freguesia de Gavieira, Arcos de Valdevez, Portugal, construído entre os finais do séc. XVIII e o terceiro quartel do séc. XIX. A igreja foi terminada em 1875. Frente à igreja encontra-se o escadório das virtudes, com estátuas representando a Fé, Esperança, Caridade e Glória, datado de 1854, obra do mestre Francisco Luís Barreiros. Após um largo triangular onde se situam os antigos dormitórios para os peregrinos (hoje transformados num hotel), o santuário desenvolve-se numa alameda arborizada em escadaria, com cerca de 300 metros e 20 capelas, com cenas da vida de Cristo (Natividade e Paixão). Uma das capelas ostenta uma inscrição que atesta ter ela sido oferecida pelo negus da Etiópia. Ao fundo da alameda, numa praça circular, situa-se um pilar oferecido pela rainha D. Maria I. Na primeira semana de Setembro realiza-se no santuário um grande arraial popular.
  • a 13 km: Gavieira 
    Gavieira (a 13km) A Gavieira está totalmente inserida na área protegida do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Os aglomerados populacionais compõem cinco Brandas. Os habitantes do lugar de Peneda e Beleiral dispõem da Branda da Bouça dos Homens (1000 a 1050 metros); o lugar da Gavieira as Brandas de Benzgalinhas (1000 a 1100) e São Bento do Cando (900 a 950), Rouças as brandas da Junqueira (1000 a 1050) e Grobelas (950 a 1000). As Brandas ou Verandas constituem, com as Inverneiras, um curioso fenómeno de ocupação humana do espaço natural envolvente. Através do sistema das Brandas e das Inverneiras, duas áreas distintas dum território são ocupadas e exploradas em paralelo por uma mesma comunidade humana, a qual, em complementaridade, ocupa alternadamente e de acordo com o calendário de mudança das estações, ora uma área ora outra. As Brandas e as Inverneiras pertencem à modalidade de lugares móveis ou de transumância, ligada à situação geográfica e às características climáticas. Tradicionalmente as Brandas eram áreas de pastagens onde se fixavam os pastores com os seus rebanhos durante o verão. Presentemente estas Brandas apresentam uma tendência mais votada ao estudo dos usos de ocupação e “habitat” agro-pastoril do passado e também a fins turísticos procurando dessa forma extrair-se alguma rentabilidade complementar à vida dura e pobre da montanha. Procura-se assim recuperar as casas das Brandas para desenvolver o turismo rural, aproveitando todas as potencialidades que a Natureza oferece a quem a sabe respeitar e dela usufruir.
  • a 15 km: Ermelo 
    Ermelo (a 15 km) Situada nas margens do Rio Lima, a pitoresca aldeia de Ermelo é famosa pelas suas deliciosas laranjas, com textura e sabor únicos. Esta produção de citrinos é apenas possível pelo microclima provocado pela localização e exposição solar privilegiada da aldeia. Ermelo é ainda conhecido pelo seu ancestral Mosteiro Cisterciense de Santa Maria de Ermelo, do qual apenas se conserva a igreja românica e vestígios do claustro em ruínas, ambos classificados como Monumento Nacional. É um antigo cenóbio beneditino, que teria sido fundado pela rainha-mãe Dona Teresa, nos inícios do século XII. Esteve filiado ao Mosteiro de Santa Maria de Fiães (Melgaço) no século XIII, tendo adoptado a reforma cisterciense. Está implantado na margem direita do rio Lima, na base da encosta da íngreme montanha do Outeiro Maior, coberto pelas montanhas graníticas descendo abruptamente para a Ribeira Lima. Apesar de a arquitectura românica estar ainda muito bem conservada, não só no todo maciço da sua construção, mas também em muitos dos seus pormenores, o seu declínio decorreu de forma atribulada. A igreja tem uma planta original típica de S. Bernardo e o estilo da sua arquitectura é o românico português tardio (século XIII início do século XIII). As referências mais antigas a este mosteiro remontam às inquirições de 1258. A extinção foi decidida em 1533 por ordem do abade de Claraval, tendo sido definitivamente secularizado no ano de 1560 pelo Cardeal D. Henrique. O templo foi convertido em igreja Paroquial, que ainda se mantêm.
  • a 30 km: Ponte da Barca 
  • a 74 km: Viana do castelo 
  • a 100 km: Porto 
  • a 109 km: Vigo 
  • a 60 km: Braga 
  • a 5 km: Lagoas naturais 
  • a 20 km: Piscina natural de agua termal 50º 
    A piscina natural situasse em Lobios Espanha, a agua emerge do chão a 50º, temos de nos afastar da nascente para aguentar a temperatura, alem de ser agradável e relaxante esta agua também é terapêutica. Características das águas: bicarbonatadas, sódicas, oligometálicas, cloruradas, de débil mineralização e hipertermais Indicações terapêuticas: as águas de Rio caldo estão especialmente indicadas para processos reumatológicos. As características das suas águas fazem delas ideais para o desenvolvimento dos tratamentos estéticos e curas de stress. * local publico.

37.5€ pessoa por noite (aprox.)


Contacte sem compromisso


Helena Marinho

  • Na Toprural desde 2016-03-23

* Campos obrigatórios

Contato com o proprietário